Psicoterapia

  • Sabe aquele problema que a tempo você quer resolver e não consegue? Ou aquela decisão ou tarefa que você procrastina, mas não consegue ir a diante? Ou aquele sentimento interno de angústia que insiste em acompanhar você? Sentir-se desconfortável é parte da vida, mas o desconforto serve para sinalizar uma necessidade de reflexão e mudança. Muitas vezes, por mais capazes e articulados que sejamos algumas questões parecem muito difíceis de transpor. A psicoterapia é uma ferramenta muito eficaz que pode contribuir para resolver esse tipo de situação. Também é tratamento indicado para transtornos de humor (TOC, bipolaridade, depressão, etc) e de personalidade (Bordeline, Narcisita, Obsessivo-Compulsiva, Histriônica, etc).


    A Psicoterapia é um processo que busca ajudar o paciente a aprender como seu quadro está sendo gerado e a compreender como esse quadro se relaciona com as suas características pessoais. Visa construir um entendimento acerca da conduta adequada na procura de superação do problema. É um tratamento que busca facilitar que o indivíduo aprenda com seus sintomas e com isso amplie a possibilidade de lidar com suas dificuldades.
    Trabalho com psicoterapia individual para adultos e adolescentes.

  • As dificuldades amorosas não acontecem de repente, porém, na maioria das vezes, tomamos consciência do resultado de nossas atitudes muito tempo depois. Existem momentos em que parece que cada cônjuge fala uma língua diferente. Um fala laranja e o outro entende maçã! Dificuldades na comunicação eficaz são um dos motivos mais comuns na busca por psicoterapia de casal. Muitas vezes você não se sente valorizada (o) pelo seu parceiro (a), sente que seu afeto e energia para investir na relação estão no fim e pensa em separar-se. Essa é uma decisão que precisa ser bem avaliada, por que algumas vezes ela soluciona o problema, mas outras ela apena muda o formato.
    Outro aspecto é o avanço no ciclo de vida familiar que também pode ocasionar crises que antes não existiam. É muito diferente ter um filho quando ele tem 5 anos e quando ele tem 15. Estratégias adaptativas diante das mudanças são necessárias para um casamento saudável e feliz. Existem inúmeras situações em que essa abordagem é efetiva e recomendável, optando por essa alternativa é importante ter energia e motivação para investir no relacionamento.
    Nesta modalidade terapêutica foco está na forma como o casal estrutura sua relação. Muitas vezes os casais, em uma tentativa de se adaptar a realidade, constroem padrões de interação que ocasionam desgastes, conflitos e não são efetivos na resolução dos problemas. Através da psicoterapia analisamos e corrigimos esses padrões favorecendo o ajustamento conjugal, de forma a possibilitar a compreensão dos conflitos e o aprendizado para lidar com futuras dificuldades.

  • É indicada quando as relações familiares tornam-se desgastantes e conflitivas a ponto de não haver o reconhecimento dos limites e papéis de cada indivíduo que compõe a família. Dificuldades na comunicação e na adaptação as mudanças naturais de ciclo de vida são alguns dos motivos mais comuns para indicação desta modalidade psicoterápica.
    Neste procedimento participam da psicoterapia e são analisadas as pessoas significativas do núcleo familiar. Essa modalidade de atendimento avalia a funcionalidade dos sistemas de relações para compreender a estruturação dos vínculos e complexidade dos conflitos. Assim aprimora-se a funcionalidade nas relações familiares e criam-se ferramentas para que seus membros compreendam os conflitos e aprendam a lidar com as atuais e futuras dificuldades.

  • Escolher a profissão ou o nicho profissional parece uma tarefa simples, mas só parece. Essa metodologia de trabalho busca, através de exercícios de autoconhecimento e de testes psicológicos, ajudar o paciente a conhecer seu perfil profissional e escolher o sua profissão ou nicho profissional. Também são realizadas entrevistas que tem como objetivo discutir o mercado de trabalho, as possíveis escolhas e suas consequências. 

    Esta modalidade terapêutica é indicada para pessoas que estão em dúvida quanto a sua escolha de carreira e também para profissionais já formados que estão perdidos ou insatisfeitos em sua área de atuação.

  • Destinado a estudantes e profissionais da psicologia. Uma forma ampla e direta de orientar profissionais no manejo de seus pacientes, por meio de orientações, técnicas e indicações bibliográficas eficazes.